Precursores apaixonados pelo estilo Pale Ale, os ingleses criaram a IPA pela necessidade de conservar a cerveja que enviavam aos seus soldados acampados na Índia, daí o nome Indian Pale Ale. O conservante era o lúpulo, que inspirou diversas variações da receita pelo mundo e fascinou os norte-americanos quase 200 anos depois. Na década de 1980, diversas cervejarias artesanais nos Estados Unidos criaram novas versões da cerveja inglesa utilizando lúpulos americanos, e assim surgiu a American IPA.

Nosso cervejeiro e mestre Leonardo Cuca ouviu nossas preces e como outro maníacos por cervejas lupuladas priorizou o estilo para ser o segundo rótulo lançado pela Lay Back Beer. “Queríamos logo ter a nossa própria IPA e a ideia era fazer algo diferente das outras que já existiam. Começamos a provar novas variedades de lúpulo desenvolvidas nos EUA, como o Apollo que hoje faz parte da receita. Optamos também por usar uma carga menor de maltes especiais para que ela fosse clara, menos encorpada mas com o mesmo teor alcoólico, aroma e amargor característicos desse estilo”, revela Cuca.

Antes de dar o primeiro gole, leia o aviso no rótulo. Essa é uma viagem sem volta.

LAY BACK IPA

Características: Corpo médio, espuma densa, acentuado amargor e um aroma cítrico e herbal com notas terrosas decorrentes das altas e constantes adições de lúpulos durante todo o processo. Harmoniza com carnes de caça, cordeiro, porco, queijos gouda, colonial, gruyere e pratos apimentados.

IBU: 70
TEOR ALCÓOLICO: 7%